Prefeitura pretende reduzir o vazio urbano

A administração municipal cria projeto para construir moradias populares em terrenos públicos que estão desocupados nas regiões centrais de Goiânia. Objetivo é combater os chamados vazios urbanos e reduzir os custos com infraestrutura. Este projeto foi encaminhado à Câmara no fim do ano passado e lista dez áreas, que, segundo o Secretário de Governo e Habitação, Mauro Miranda, já dispõem de todos os equipamentos públicos necessários para a população.

Se aprovado o projeto, a Caixa Econômica Federal estará autorizada a comprar as áreas e destiná-las ao Programa Minha Casa, Minha Vida, no qual há no Município 88 mil inscrições, das quais passaram na triagem (famílias que realmente devem ser beneficiadas com a casa própria), de 35 a 40 mil.

O presidente da Ademi, Ilézio Inácio Ferreira, considera a idéia de dar utilidade aos espaços vazios uma boa solução e diz ainda: “-O Plano Diretor da cidade prevê a ocupação dos vazios urbanos e cria condições para penalizar o proprietário com o imposto progressivo e isso se aplica também às áreas públicas. O projeto é muito racional, porque aproveita a infraestrutura já construída no setor. Não vejo nenhum fator negativo na proposta.”

Fonte: ADEMI – GO e Jornal Opção

Nenhum comentário:

Postar um comentário